Neste ultimo fim de semana (16 e 17 de outubro de 2011) ocorreu mais uma edição do tradicional do evento para fãs de animes e mangás, Shinobi Spirit.
O evento aconteceu no mesmo local das suas ultimas edições, o Moinhos Eventos, e a cada Shinobi que eu vou, os organizadores me surpreende em quesito da organização do local. Comparado a alguns anos atrás em que critiquei o espaço, o evento tem evoluído o que é muito bom para o público curitibano.

Antes de iniciar de fato o este Eu Fui, agradeço ao evento por ter nos considerado imprensa, isso é uma prova irrefutável de reconhecimento do trabalho do On-sekai. Além de demonstrar que acompanham nossas resenhas, mesmo com as criticas, apresentam a vontade de fazer um bom evento sanando os problemas apresentados. E esse é o o nosso “Arigato” para a organização do Shinobi Spirit, e o idealizador de tudo Nanael.

Voltando para resenha, no sábado acabei chegando antes do que de costume, e vi uma fila comprida na entrada, o motivo era um atraso na abertura do portão (algo normal a todo evento). O que eu gostei foi da alteração da entrada, nesta edição se entrava pela porta lateral e o segurança revistava um por um.

Basicamente se manteve a organização do local da edição passada, a mudança ficou por conta da parte externa. Onde se encontrava a estande do grupo de Steam punk, Coselho Jedi, grupo de rpg Irmãos de Armas e da workshop de mangá do Satori mangá.

Além de uma tenda para palestras que mais adiante cito com mais detalhes, apesar de ter acompanhado a apenas palestra do Steam Punk.

Se você queria comprar dvd, figures, mangás, camisetas e qualquer outra coisa de sua series favoritas, poderia ser encontrada nas lojinhas que estavam lá. Nesta edição as lojas foram as mesma da edição passada.

Se você ficou com fome tinha a opção de entrar na fila da cantina ou ir comprar algo com as garotas do Maid cafe. Creio que a parte de alimentação deste evento necessita de um “upgrade”.

Destaco as apresentações do palco que contou com as tradicionais apresentações de grupos de K-pop, animekê, concurso de cosplay, animequiz, shows e o melhor de todos a apresentação do Wendel Bezerra, para quem não sabe, é ele que dubla a voz do Goku da franquia do Dragon Ball aqui no Brasil.

Quando Wendel entrou no palco creio que todos que estavam no evento gritaram de alegria, gostei muito da apresentação dele, e ele demonstrou um carinho enorme com os fãs tentando ser justo quando era escolhido a pessoa para realizar a pergunta, geralmente apenas o pessoal da frente conseguia perguntar, o evento poderia fornecer um Staff que ficasse no meio do pessoal com o microfone, assim qualquer um poderia perguntar.

As bandas que se apresentaram do sábado foram boas que no caso foram It’s just a plan e The Kira justice, mas inegavelmente a do domingo surpreendeu com a Ryokan, eles tocavam e cantavam muito bem, além de ter um repertório que me agradou desde Slash! de digimon até Rusty Nail do X Japan.

Eu assisti apenas a palestra de Steam punk, que eu gostei bastante, pena que não foi muita gente. Para quem não conhecia o Steam Punk esta palestra era um prato cheio, além de ser um convite para participar do grupo de Steam Punk de Curitiba.

Também ocorreu palestras do Conselho Jedi e de Cosmarker e após as palestras aconteceu os campeonatos de TCG.

Além destas atividades você poderia “bater no seu amigo” no Swordplay ou jogar um videogame no andar de cima.

No evento havia uma quantidade exorbitante de cosplays, o que não teve nos eventos passados, apareceram nesse.

Sendo que o concurso havia cerca de 60 cosplays inscritos, o legal deste evento que haviam muitos cosplays bons.

  
  
  
  
  

Tudo bem que havia bastantes vocailoids, poderia se realizar um concurso para melhor Hatsune Miku se quisesse. Também haviam muitos cosplays de Kuroshitsuji. E não poderia deixar de falar do engineer do Team Fortress 2. Adorei ver um engineer, a ultima vez que vi um cosplay de TF2 foi o Scout do Last Heroes anos atrás.

  
 

Como sempre no animeke, o Shinobi encontra pérolas, e nesta edição não se diferenciou. Eu só esperava mais gente se anima com “WE ARE!”. Apesar de não ter ganho gostei bastante da garota que cantou Supercell.

A organização está de parabéns pela redução do uso de gelo seco, creio todos ficaram feliz com a redução deste efeito.
Durante o evento aconteceram alguns imprevistos como umas quedas de energia do nada, e o teto de um dos banheiro caiu, sim caiu !

Acho que esteja na hora do Shinobi se mudar para lugar maior. O evento evoluiu muito, temos até pessoas de outros estados no evento. Sem dizer que são muitas atrações para um local pequeno.

Para mim, este foi melhor dos Shinobi até agora, me surpreendeu completamente. Creio que isso se deva a experiência adquirido pela a organização do evento nas edições passada que haviam alguns problemas, que são reparados a cada edição.

E este foi o EU FUI Shinobi Spirit de outubro de 2011. Até próxima cobertura de evento que faremos.