Páscoa é sentido para muitas coisas, inclusive arte. Na Ucrânia, existe uma bela tradição de colorir ovos na época em que o Sol voltava triunfante, na festa do solstício da primavera, quando iniciava-se um período de plantações e bonança no cultivo das terras, de luz e calor, eliminando a neve que cobria a rica terra negra da Ucrânia. Em escavações arqueológicas, foram encontrados indícios desta arte a mais de 3.000 anos antes de Cristo, sendo que naquela época, eram utilizadas ferramentas muito rústicas para se confeccionar uma pêssanka que nada mais é um ovo (que pode ser de pata, avestruz, codorna) que representa algo tão simples e rude mas da qual se dá a vida.

A Festa da Primavera acontecia antes de os ucranianos se converterem ao cristianismo. O povo tinha suas crenças voltadas para aquilo que via e sentia (oferecidas pêssankas aos entes da natureza, fazendo seus agradecimentos pelas colheitas e também firmando seus pedidos para que a terra continuasse produzindo aquilo que necessitavam para viver). Depois de adotarem o cristianismo como religião oficial, a Igreja adaptou a festa a antigos costumes e símbolos cristãos. Assim, a antiga e tradicional Festa da Primavera transformou-se na Páscoa cristã, por ser na mesma época. O povo não deixou o costume de colorir ovos para expressar seus sentimentos, mas a Igreja fez com que fossem abandonadas as crenças pagãs, como acreditar em entes da natureza.

Com o passar dos anos, as ferramentas gradativamente evoluíram e com elas o homem conseguiu melhorar suas condições materiais e também os resultados da suas pinturas em ovos, surgindo melhores definições daquilo que desejava expressar. Assim as pêssankas são trabalhadas para dar aos parentes.
As pequenas obras de arte também passaram a aparecer em datas importantes, como casamentos e nascimentos, como materialização das boas intenções que se queria expressar.

Em algumas regiões da Ucrânia acredita-se que a pêssanka tem força curativa e também protege a casa do camponês contra o fogo, a destruição, os maus espíritos, além de atrair as graças de Deus como expressão comum. A pêssanka é considerada uma espécie de talismã ou amuleto.

Pêssankas cores e significados

Cada cor e cada desenho tem um significado único do desejo de expressar-se segundo pesquisa de Jeroslau Volochtchuk e Waldomiro Romero,Curitiba-Pr em 1984

Cores

Preto: representa o absoluto, o constante ou o eterno. Pode também representar a morte.
Branco: pureza, inocência, e nascimento são os significados desta cor.
Amarelo: símbolo da luz e da pureza. Fala da juventude, felicidade, colheita, hospitalidade, sabedoria, amor e benevolência.
Laranja: resistência, força e ambição digna. Laranja também é a cor do fogo, e símbolo do sol. Representa a paixão moderada, estando entre o vermelho (paixão) e o amarelo (sabedoria).
Verde: renovação na primavera, cor da fertilidade, frescor, saúde, esperança
Vermelho: é considerado uma cor positiva, significando a ação, fogo, desenvolvimento espiritual. Glorifica o sol e a alegria de viver. São normalmente indicadas pêssankas vermelhas para as crianças e para a juventude. Simboliza a paixão e o amor.
Marrom: símbolo da mãe terra, trazendo seus presentes aos seus entes.
Azul: simboliza o céu, o ar, a vida, verdade, fidelidade, confiança, talismã da saúde.
Roxo: simboliza fé, paciência e confiança.

Desenhos



Na conturbada história da Ucrânia, o povo passou por muitos períodos de instabilidade social, tendo muitas vezes a miséria e a opressão imperando sobre seus lares. Domínios russos, poloneses, austríacos, húngaros, duas guerras mundiais, o comunismo … E as pêssankas continuam acompanhando a vida desta gente, que veio para o Brasil em busca de um futuro melhor para seus filhos, trazendo na bagagem uma cultura milenar, que hoje respira a liberdade.

A Ucrânia, em 1991 finalmente adquiriu sua independência, exigida pela população que saiu às ruas e hoje, além da seu valor cultural, simbólico e artístico, as pêssankas passaram a ser um símbolo de longevidade para uma Ucrânia livre e independente. Apesar disso a tradição se mantém e muitas comunidades no Brasil ensinam a lendária arte.

E ai se animou com as Pêssankas? Pois anime-se e comente =] Estamos aguardando sua opinião.

Referências: www.pessanka.com.br