Um dos últimos acréscimos da Valve ao Steam foi o implemento do sistema de cartas, que, além de determinar o nível do seu perfil, eles te dão emoticons, imagens de fundo para melhorar o seu perfil e descontos para jogos que talvez você não tenha interesse em comprar, mas que vai acabar comprando para aproveitá-lo. Porém, se você não se interessa por nada disso ele tem outra função no sistema, que é a de ser uma fonte de renda que pode ser transformada em jogos.
Se você é o colecionador louco, o exibido, ou o cara que gosta de ganhar um dinheiro a mais e quer se aventurar nesse mundo rápido que é o Steam Market, é altamente recomendado você ler esse pequeno guia, ensinando o básico e um pouco do intermediário, mostrando como ele funciona. É claro que, antes de tudo isso, você precisa saber como conseguir as cartas, para então ter algo para vender ou trocar.

Entendendo o sistema

Toda vez que você compra um jogo no steam com suporte ao sistema (que pode ser visto na página oficial do grupo), você ganha acesso ao conjunto de cartas daquele jogo, variando entre 5 a 10 cartas, que te dão uma badge e 100 de experiência (e outras coisas) para você enfeitar o seu perfil; e cada badge pode ser feita até 5 vezes, melhorando a imagem conforme evolui. E para conseguir as cartas você vai ter que jogar o jogo (deixar rolando de fundo é possível e altamente recomendado) ou pagar uma determinada quantidade de dinheiro se o jogo for free-to-play. E é aí que entra a grande sacada da Valve.
Você só tem acesso a metade das cartas do conjunto, tendo que encontrar outras pessoas para conseguir o resto das cartas ou injetar dinheiro na sua carteira virtual para comprar no Market ou até mesmo esperar por boosters, que são pacotes contendo três cartas, entretanto eles só vem a cada 2 ou 3 semanas e só depois que você pegou todas as cartas básicas do jogo (para saber se você está disponível para receber o pacote, você terá que esgotar a reserva de cartas disponíveis e torcer para que alguém faça uma badge e que o sistema te escolha para receber o pacote). Você é obrigado a ser sociável ou a ser econômico se quiser completar os conjuntos rapidamente.
Se você quiser completar tudo do jeito mais rápido, aqui vão algumas dicas para ajudá-lo nesse estranho mundo que é o Market, aonde o mais rápido consegue o menor preço.

cards-steam

1- Pesquise

O preço das cartas varia de acordo com o número de cartas de cada conjunto e o número de pessoas que joga aquele jogo, afetando a sua disponibilidade e por consequência encarecendo o preço; basicamente na lei da oferta e da procura. Por exemplo: uma carta de um jogo como Hotline Miami, cujo conjunto é de 6 cartas, chega ao máximo de 60 centavos por carta, enquanto que They Bleed Pixels, um conjunto de 8 cartas, varia entre 71 a 94 centavos por carta, devido À sua visibilidade reduzida.
Portanto, é essencial você procurar pelo preço inicial da carta e então colocá-la à venda por um preço competitivo o bastante para conseguir comprar outra carta e ainda assim poder ter algo sobrando para poder comprar outra no futuro. O que nos leva à próxima dica.

2- Escolha o preço certo

Toda vez que você coloca uma carta à venda, aparecem duas barras: uma com o preço a ser pago por ela e outra com o quanto você receberá pela compra. Isso porque o steam cobra 15% de cada compra feita (10% para a desenvolvedora e 5% para a Valve), o que parece irrisório no início, acaba se tornando uma grande facada no bolso conforme o preço sobe. Então é necessário levar em conta não só a demanda por aquela carta, como também os “impostos” cobrados em cada venda. Parece complicado, mas é bem fácil na prática, uma vez que você pega o jeito.
O segredo está em vender algumas casas acima do valor mínimo, que é o primeiro a ser mostrado na lista de compra da carta.

3- Seja rápido

Assim como existem pessoas que querem nutrir o colecionador interior, existem outros que gostam de praticar o desapego e colocam uma carta à venda por um valor irrisório ao cobrado normalmente, seja por não gostarem do jogo ou porque acham aquela carta um fardo e querem se livrar o mais rápido possível. E é neste desapego em que você tem que trabalhar.
Como o Market é um pouco lento para funcionar, seja para colocar a carta à venda ou para acessar a página de compra da carta, isso acaba se tornando também uma questão de sorte, porque você pode encontrar uma carta a um preço acessível, mas por ter demorado pra acessar a página, acaba perdendo a vez para outro sortudo. Isso vai acontecer frequentemente.

steam bleed pixels
4- Venda as cartas Foil. Todas!

As cartas Foil são cartas especiais que começam a cair a partir do nível 10, cuja frequência aumenta 20% a cada 10 níveis e, por isso, são mais difíceis de serem completadas. Porém elas são completamente indiferentes de uma carta normal em relação ao seu custo-benefício, pois elas dão as mesmas recompensas por badge (100 de experiência, um emoticon, um background para enfeitar o perfil e um desconto temporário para um jogo qualquer), porém elas são extremamente mais caras em alguns casos. Por exemplo: a carta Book of Claws do jogo They Bleed Pixels custa 71 centavos, mas sua versão Foil já foi vendida por mais de 30 reais (atualmente ela está por cerca de 5 reais), o que é um absurdo se levarmos em conta que é apenas uma carta de um conjunto de 8 cartas. Portanto, se encontrar alguma carta Foil, venda imediatamente, porque daqui a pouco seu preço pode cair bastante.
Lembrando que é preciso estar no mínimo no nível 10 para ter alguma chance de receber a carta.

5- Está tudo bem em se livrar de um conjunto de vez em quando

Ganhar um jogo que você não é de seu interesse quando compra um bundle é bem recorrente, mas o que é um fardo pode ser uma benção disfarçada, principalmente quando esse jogo ganha suporte as cartas. É aí que entra o caso do vendedor do desapego, que vende uma carta por preço baixo apenas para se ver livre dela, mas se você for esse cara, lembre-se de botar no preço normal ou um pouco mais elevado. O dinheiro desse conjunto é o que vai completar outro; e afinal, você não gostava do jogo mesmo.
O único problema é ter que lidar com o buraco vazio na lista de badges. Com exceção disso, você não vai se arrepender de nada.

Team fortress 2 steam 6- Jogue Team Fortress 2 ou Dota 2

Itens criados tanto no TF2 quanto no Dota 2 podem ser vendidos ou trocados com outras pessoas por cartas, se tornando uma estratégia viável se você estiver disposto a completar conjuntos apenas com o que conseguir com as cartas, sem precisar recorrer a uma “injeção de fundos” na sua carteira virtual. Você se diverte e ainda arranja algumas cartas, uma relação onde você só sai ganhando (e a Valve, que ganha também a parte dela).

7- Não se assuste com as loucuras do Market

Isso é mais um conselho do que uma dica. Às vezes, ocorrem casos no mínimo “incomuns” envolvendo os usuários do Market e o quanto eles acham que um determinado produto vale a pena. É o caso de um emoticon de maconha de Port Royale 2 a mais de 50 reais ou do item especial do Dota 2 “Unusual Osky the Ottragon”, à venda pela bagatela de 246 reais. Lembrando que o mínimo que você pode fazer é tentar embarcar na loucura e conseguir arranjar alguns trocados.
Já dizia o ditado: se um preço existe, é porque tem alguém disposto a pagá-lo.

Agora que você leu o guia, considere-se apto a entrar no mercado digital do Steam. Se você conseguiu completar algum conjunto graças à esse guia, escreva aí nos comentários junta com a sua conquista, seja uma badge, um background ou um desconto de 75% de Dungeons of Dredmor, o que vale é a intenção.