Depois de Machinarium, eu descobri o paraíso dos games: os jogos independentes – ou indies, para os íntimos!

evoland 2

Muitos deles, apesar dos investimentos menores, conseguem ser mais surpreendentes e viciantes de que muitos jogos triplo A (vulgo top de linha, a tampa da panela, <insira gíria para o mais da hora dos últimos tempos>). A qualidade não deixa a desejar na maioria dos jogos que tive a oportunidade de jogar, e Evoland… bem, Evoland é diferente.

Mas por que é diferente? É ruim? Tem gráficos feios? A jogabilidade não é boa?

Ele é diferente porque começa com um tratamento de choque: se você acabou de ver um gameplay de The Last of Us no youtube e em seguida abre Evoland para começar a jogar – como foi o meu caso – a diferença gráfica é gritante. Isso porque Evoland começa em 8 bits, tons de cinza, sem música ou qualquer outro som e com movimentos limitados. Mas como o próprio nome sugere, esse é um jogo sobre evolução.

Mas vou dar a sinopse, para que você não fique perdido.

Evoland é uma jornada através da história de ação e aventura que permite ao jogador o desbloqueio de novas tecnologias, sistemas de jogo e melhorias gráficas, garantindo assim a progressão do jogo, jogando. As referências a outras séries de jogos, especialmente RPG’s, é evidente, a começar com o protagonista que lembra muito o Link, além do sistema de batalha parecer bastante com o de Pokémon, isso para citar poucos exemplos…

evoland 3

Como foi dito acima, é necessário que o jogador desbloqueie as melhorias e itens para continuar jogando, e isso é possível através da abertura de baús que estão espalhados por todo o mapa. Assim, sabemos que estamos em Evolandia, uma terra que viveu em paz por muitos anos e que agora está sendo ameaçada por um antigo mal. E o protagonista é o último membro da Ordem dos Dragões e deve partir em viagem para lutar contra as forças do mal e ajudar as pessoas que precisam.

O que achei mais bacana do jogo é que ele poderia ser uma aula de história dos jogos, mostrando as gradativas mudanças pelos quais eles passaram ao longo das últimas décadas.

evoland 1

Ele foi desenvolvido originalmente por Nicolas Cannasse para uma competição do Ludum Dare, um evento no qual os participantes devem desenvolver um jogo durante uma semana, a partir de uma ideia sugerida pela comunidade, semelhante ao Global Game Jam. Sendo vencedor e fazendo sucesso, o game foi refinado pela Shiro Games e lançado oficialmente em 4 de abril de 2013. Ele pode ser comprado pela Steam e tem um preço bem acessível, apenas R$ 16,99, ou pelo site oficial por $9,99.

Confiram o trailer: