São tantas as experiências, emoções e aprendizados pelos quais passamos ao longo da nossa vida! A cada novo dia somos bombardeados por novas informações, dilemas e problemas que exigem da nossa criatividade ao máximo. Apesar de todas essas informações ficarem armazenadas de alguma maneira no nosso organismo, sabemos muito bem que várias lições extremamente relevantes algumas vezes são perdidas com o tempo. Lições que poderiam fazer uma grande diferença para nós no futuro, mensagens que nós mesmos poderíamos deixar e que fosse nos ajudar, daqui a um ano ou dois, ou que contivesse informação relevante ao nosso “eu futuro”.

Lembram-se daquele velho conceito “Cápsula do Tempo”? Colocar em uma caixa selada informações, objetos, utensílios e mensagens para que os arqueólogos do futuro distante saibam quem nós costumávamos ser? Segundo o historiador William Jarvis (2002) as coisas mais importantes e relevantes para serem deixadas em uma cápsula do tempo são informações pessoais, do nosso dia-a-dia, comportamento e forma de pensar. O motivo é que para os historiadores e arqueólogos do amanhã, definir hábitos, sentimentos e pensamentos da civilização antiga é muito mais difícil do que saber que utensílios utilizavam ou que estágio de desenvolvimento se encontravam. Pensem nos homens da idade da pedra: conhecemos suas obras rupestres, mas não sabemos realmente o que significam ou significaram um dia; conhecemos seus objetos, mas não sabemos como os usavam e qual era sua importância para eles. Da mesma forma que guardamos aquele objeto que um dia nos foi tão importante, mas acabamos esquecendo ou nos desconectando do sentimento. O esquema é, então, deixar uma mensagem junto!

Aesther

Não precisa construir uma cápsula do tempo! Claro, se você tiver ficado com vontade de fazê-lo, recomendo! Pegue uma caixa de sapatos, papel, caneta, e manda bala – só não esquece de selar e colocar uma data de abertura. Com certeza vai servir para alguma coisa num futuro próximo, não para a civilização, mas para você mesmo. Lembrar o que pensava, como pensava, por quê pensava. Fazer um paralelo entre passado e presente, ver o caminho trilhado, vitórias conquistadas e objetivos alcançados. Ter um tempo para parar um pouco o constante movimento ao futuro e poder olhar para trás, ver o quanto andamos. Isso ou no mínimo uma diversão e tanto para seus filhos ou netos!

Agora, se você acha que construir uma caixa é trampo demais, há uma solução mais simples todavia super interessante e válida caso coloque um pouco de vontade nela. O site da FutureMe.org permite que você mande um e-mail para você mesmo no futuro! Você pode anexar uma imagem e escrever mensagens para serem entregues num prazo mínimo de um ano, no seu endereço de e-mail. A idéia, segundo o site, é que o seu eu futuro possa refletir sobre o seu eu presente, se tornar inspirado ou mostrar pra você que conseguiu se recuperar daquele pé-na-bunda!

Gostou da idéia mas não sabe muito bem o que escrever? Tire um tempo e leia as Cartas Públicas que foram recém-entregues a usuários do serviço! Algumas delas  são emocionantes:

I’m 14 now. I’ll be 15 in 4 months. Future me, I hope you’re doing better than present me. I hope that if you still have your cancer, at least it will be gone enough for you to be off oxygen. And if it’s not, just remember to use that Ocean Spray to keep your nostrils moist :] and I hope you’ve tried to talk to more people that also have cancer. In the world, there’s not ONLY boring people with cancer. There are people that are awesome, but maybe you just haven’t met them yet. You never will if you don’t try. Do you still even have cancer? do you still feel sick? Are you back in school after missing so many years of it?

In the present, I’m a lazy person. I mean, with the health issues there’s the fact that I can’t do much, but come on man, I hope you’ve gotten off your butt! You’ve finally started doing physical therapy in the present, but you keep trying to get out of it. I hope in the future you are more strong willed and go through with things.

Remember how you always wanted to do something for the world? Remember that? If you haven’t done something amazing, don’t forget to try. The worst that can happen is you fail, and then you can just try again until you succeed. Those words don’t work on me now, but just try to remember them.

E você, o que você gostaria de falar para o seu futuro? O que você acha que precisaria escutar do seu passado?