A aspirante a designer Lola Nolan não acredita em moda… Ela acredita em fantasias. Quanto mais expressiva a roupa, mais brilhante, mais divertida, mais selvagem, melhor. Mas apesar do estilo de Lola ser escandaloso, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está perfeito (incluindo seu namorado roqueiro e atraente), até que os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, retornam à vizinhança. Quando Cricket, um talentoso inventor, sai da sombra de sua irmã gêmea e volta à vida de Lola, ela finalmente deve reconciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da casa ao lado.

Livro que dá “continuidade” ao livro Anna e o beijo francês, Lola nos mostra uma história tão fofa, mas com toques sutis de diferença. E o melhor? Anna Étienne aparecem! Sim, eles são coadjuvantes dessa trama, mas dá pra matar saudades desse casal (e do Étienne claro!). Tão fofos!

Mas retomando a história, Lola é uma menina sem rótulos. Ela se inspira com tudo e se veste como lhe dá na telha. Inserida num núcleo familiar problemático, ela tenta superar todas as dificuldades de ser adolescente, namorar um roqueiro gato e tatuado (que seus pais odeiam), e o seu trauma do passado envolvendo seus antigos vizinhos: os gêmeos Bell.  Ela tem 3 desejos: ir ao baile de inverno vestida de Maria Antonieta, que seus pais aprovem o Max (namorado) e nunca mais rever os Gêmeos Bell. Só que nem tudo é como se espera, repentinamente, a casa ao lado, volta a ser habitada, por quem mais ela temia. A partir de encontros repentinos os Bell fazem parte novamente da rotina da vida de Lola.

lola capa

Lola só de ouvir alguém falar o sobrenome Bell fica aterrorizada, e esse mistério do que aconteceu e porque a afetou tanto, demora a ser desvendado. Pra mim nessa parte a autora “enrolou” um pouco.

Lindsay Lim é a melhor amiga da Lola, e é seu oposto, sempre se veste simples e com o seu antigo tênis vermelho, ela não é muito fã do namorado da Lola, mas apoia a amiga sempre.

Lola trabalha em um dos cinemas de San Francisco, onde Anna é sua gerente e Étienne aparece quase que todos os dias para visitá-la.

Além da volta dos Bells à sua vida, principalmente do Cricket, seu relacionamento com o Max não está em seus melhores dias. Após um de seus shows, ele faz questão de ser antipático com os amigos de Lola, e sua opinião sobre como a Lola se veste ou seu jeito “imaturo” estão abalando essa relação que teve início ao final do verão passado.

Apesar do passado lhe abalar, Lola retoma a amizade com Cricket, que se mostra um inventor descolado, engraça e fofo, que consegue ver quem realmente é a Lola por trás das perucas e roupas extravagantes.

Cricket estuda na mesma faculdade que o Étienne, mais uma ligação que faz elo com a Lola e mais um motivo para despertar o que estava adormecido.

Cricket não é descolado do mesmo jeito que Max, mas ele é a pessoa mais interessante que conheço. Ele é amável, inteligente e atraente. E ele se veste bem. Cricket REALMENTE se veste bem.

Depois de tanta mudança, de tanta confusão de sentimentos, Lola se vê num ponto de decisão: continuar com o Max, mesmo ele tendo mudado bruscamente, foi uma paixão correspondida, ou o Cricket seu amigo que a magoou muito, mas que seus sentimentos não viraram cinzas.

StephaniePerkins

Achei a história da Lola tão linda e fofa quanto a da Anna, mas eu senti que mesmo sendo mais nova, a Lola tem mais personalidade e muitas vezes é bem mais madura e decidida que a Anna.

 

É um livro que se lê em poucos dias, a história é leve e descontraída, e é claro que a gente fica doida pra saber o que aconteceu e com quem ela decide ficar e tudo mais. Sou suspeita pra falar, porque me apaixonei pelas histórias e pela forma de escrita da autora, que está terminando de escrever seu terceiro livro: Isla and the Happily Ever After (sem título em português por enquanto), que segundo o site da autora: http://www.stephanieperkins.com/ será lançado no outono dos Estados Unidos. E que promete arrematar a história de Isla com os casais Anna e Étienne como também Lola e …, e vai agradar muito aos fãs!!!!

OMG tô doida pra ler!

PS: a Novo Conceito fez o blog da Lola, você pode conferir as postagens dela aqui!

 

Resenha feita pela passageira Lumena Duda