Hoje é sexta, dia de falar de música. Eu não sabia o que escrever, às vezes eu faço o que quero, e as vezes faço o que tenho de fazer, mas agora eu sei exatamente o que fazer. Então já era, eu vou tentar fazer de um jeito que você não vai esquecer.

chorao 2Bom, todos sabem que o Chorão (vocalista da banda Charlie Brown Jr.) morreu nesta quarta (06/03/2012). Mas só os loucos sabem que nem todos têm habilidade de fazer histórias tristes virarem melodia. Com tanta gente equivocada fazendo mal uso da palavra, Chorão conseguia fazer com que sua mente nem sempre tão lúcida, fértil, lhe desse a voz, com letras que falavam de amor, de amizade, e um estilo de vida jovem, tentando levar uma mensagem que possa ser uma luz ou um mantra. E de fato as músicas eram isso para os fãs.

Exite um dom natural que todos temos, o dele era fazer músicas com cara de irresponsável, com cara de quem tem um escritório na praia, de quem ainda vê o mundo com os olhos de criança, que só quer brincar e não ter tanta “responsa”, mas que diziam muito sobre ser levado a sério, sobre sermos donos do nosso amanhã se estivermos unidos, e que só pode ser feliz quem sabe o que quer, e não se pode parar de lutar.

 Agora, diante de tantos boatos sobre a morte, não há muito o que dizer, só o que ele tinha seus vícios e virtudes. Eu sei como é difícil acreditar. Mas do que a gente gosta ele tinha até demais.

Como alguém que gostava do trabalho do Chorão, eu posso dizer, assim como ele disse: “Você deixou saudade“. E muitos dos fãs estão dizendo: que longe de você eu enlouqueço muito mais… preciso de algo mais.

Já que eu to no clima, deixo com vocês cinco músicas que eu gosto, e que usei para ajudar a escrever esse texto. A primeira é uma música que ficou o dia todo na minha cabeça desde que eu soube da morte. As outras são músicas que ouvia sempre no serviço com a minha amiga Ana e que eu gosto muito.

1

 

2

 

3

 

4

 

5

Chorão

 

Esse artigo é uma colaboração de LivCat.