Atenção: Se você não conhece a série Doctor Who e caiu aqui de “paraquedas”, sugiro que leia a matéria que eu fiz explicando a série no geral, pois essa postagem do Day of the Doctor contém spoilers da série. Estejam avisados.

Depois de 50 anos da primeira exibição da série britânica mais famosa do mundo, um especial a altura precisava ser feito. Com um enredo que vem sendo desenvolvido desde 2005, esse especial finalmente veio para mostrar um dos maiores mistérios da série: O que aconteceu na guerra dos “Senhores do Tempo” versus os Daleks? Já sabíamos que o Doutor tinha matado todo mundo e trancado a guerra no espaço-tempo para que ninguém pudesse mudar o que já tinha sido feito, mas o que o levou a fazer isso já que ele é uma pessoa pacifica? Perguntas que não tínhamos respostas até esse especial de 50 anos transmitido no mundo inteiro simultaneamente, inclusive com várias salas no Brasil e eu fui conferi-lo em uma dessas salas.

the day of the doctor - 001

Acho que a única coisa que realmente pecou no The Day of The Doctor foi o 3D. Fizeram uma propaganda danada do efeito, mas, na prática, o longa foi filmado em 2D e depois convertido, o que não gerou um bom resultado. As cenas batalhas espaciais ficaram com o efeito perfeito, assim como os tiroteios com feixes de luz e isso se deve ao fato de serem gerados por computador e não capturados por câmeras, porém todas as cenas que não tem efeitos especiais, não é possível ver nenhum efeito de profundidade.

Agora sobre o enredo em si, Moffat não nos decepcionou: Foi um especial digno, um dos melhores com certeza. Só faltou a presença do nono doutor, mas não foi por falta da equipe querer que ele participasse, pois ele negou todos os convites, sendo rude ainda com quem tinha feito a proposta. Mas ele também não fez muita falta, pois a reunião David Tennant, Matt Smith e o estreante John Hurt, foram o suficiente para deixar o especial engraçado, divertido, emocionante e empolgante.

Apesar do 3D não ter sido grande coisa, compensou demais assistir esse filme no cinema. Parabéns aos envolvidos que se juntaram para trazer esse especial as salas brazucas, inclusive deixando o canal da BBC aberto para todos de uma certa operadora de TV por assinatura. Que venha mais 50 anos e 57 doutores.

the day of the doctor - 002