Tropa de elite 2
Quando Tropa de Elite foi muito bem recebido pelo público, José Padilha, o diretor do filme, disse que queria fazer um segundo filme. Logo muita gente já pensou que ele não queria nada mais do que caçar níquel com uma continuação que não sofreria com a pirataria e logo fazer dinheiro. Provavelmente as pessoas que disseram isso, hoje devem ter subitamente perdido a memória quando Tropa de Elipe 2 estreou no cinema.

O Segundo filme começou na pesquisa do primeiro, onde descobriram conteúdo demais, conteúdo que não poderia ir para o primeiro filme, então a obra Tropa de Elite não estava completa. Precisavam mostrar o maior problema por trás da policia, que o sistema não é algo simples que só os policiais corruptos se aproveitam, o sistema não tem limites e age em vários lugares.
tropa_1
A trama do filme mostra o Capitão Nascimento, agora, Coronel Nascimento sendo afastado do Bope e indo para secretária de segurança pública, onde ele acha que pode acabar de vez com o sistema, a unidade corrupta que ele sonha que seja banida do Rio de Janeiro para sempre, porém um novo problema aparece, as Milícias, organizações criminosas constituídas por policiais corruptos que querem matar os traficantes e tomar o lugar deles como bandidos.

tropa_2
Os personagens e atuações estão bem como nunca. Wagner Moura novamente em seu papel como Nascimento, passa uma carga tramática ao personagem, o que só mostra que o talento do cara está sendo desperdiçado em novela. Os caras que não eram nada no primeiro filme como o Fábio, agora ocupam seu lugar na trama. Mathias agora é Capitão do Bope e o filho do Nascimento que era um bebê, agora é adolescente, o que deixa aquele sentimento de que muita coisa aconteceu no intervalo dos dois filmes.

tropa_3
Há muitas críticas ao sistema e sociedade nesse filme e por este motivo, Tropa de Elipe 2 pode não agradar as mesmas pessoas que gostaram do primeiro. É um filme muito mais crítico, com ação, mas em menor número, porém é uma obra prima do cinema nacional sem dúvida. Este segundo filme mostra-se necessário para mostrar e esclarecer coisas do primeiro filme e explicar melhor o que é o sistema e o verdadeiro problema da segurança pública, um verdadeiro retrato do Brasil nos cinemas.