Chega de vagabundagem, este que vos fala está cansado desses redatores de blog que se compromentem e não escrevem porra nenhuma (como esse redator de reviews de mangá que não dá as caras aqui há um mês e.e).

Sério gente desculpa aí ^^’, eu não vou dizer que estava ocupado nem nada do gênero mas é que eu realmente não tenho conseguido escrever e.e .
Bom, vamos ao que interessa, o melhor mangá de todos os tempos o/:


É um Shounen escrito e desenhado por Eiichiro ODA, de gêneros: Aventura, Comédia, Drama e Fantasia.

Hum, 3° review sobre piratas ‘-‘. Mas também, vamos concordar, piratas são um dos temas mais épicos para estórias de fantasia….AHH a liberdade, fazer o que se quer quando se quer, o orgulho pela bandeira e pelo capitão, a fraternidade e o rum, portanto…… Abram caminho para o Rei dos Piratas:

No ano de 1500, na Era dos Mares, o grande pirata Gold Roger, aclamado como o rei dos piratas, é sentenciado a morte e executado em praça pública. O discurso que ele daria antes de sua execução inspiraria futuras gerações de piratas a se lançar no temor desconhecido que era a Grande Linha, o maior de todos os mares. “Vocês querem os meus tesouros, eu os deixem todos em um único lugar, vão, ao final daquele mar, em busca do One Piece”
      E assim, sob o clamor do público, começa aquela que seria conhecida como a Era dos Piratas.

Ok, admito, as palavras do grande rei foram levemente alteradas pela minha pessoa pelo fim de dramaticidade, mas é basicamente esse o sentido.

Sinopse: Buscando se tornar o maior pirata do mundo, o jovem Monkey D. Luffy, que se tornou um Homem-de-borracha graças aos poderes da Fruta do Diabo “Gomu Gomu”, viaja para a Grande Linha em busca do One Piece, o maior tesouro do mundo.

============//========//================

Galera, sério, o primeiro aviso que eu quero dar é o seguinte: aqueles de vocês que dizem que não gostam da série porque viram 10 episódios (ou todos, que seja, não vai fazer diferença) do anime que passou no CN ou na TVGlobinho, ou no SBT, sei lá, esqueçam isso, vocês não conhecem One Piece, vocês não conseguiram sequer ter um pouco de contato com a brilhante pérola que é esta obra.
Já aqueles de vocês que se dispuseram a ler a série original e ficaram sem as frescurites em relação à arte dos 1ºs capítulos, bom, se vocês passaram do capítulo 90 e não gostaram, eu posso imaginar o seguinte(e aqui vêm spoilers):

1º: você pode não ser humano, se você não se emocionou com o desespero da Nami quando tudo pelo que ela trablhou lhe foi tirado tão cruelmente, ou quando Zoro promete ao seu capitão nunca mais envergonhar sua tripulação, ou mesmo quando o Sanji ou o Usopp tem de deixar para trás suas respectivas famílias e vidas, tudo aquilo a que eles haviam se acostumado, em troca de seus sonhos. Bom, eu sei que até a minha pessoa conseguiu se emocionar com isso. XD

Aliás deixo aqui um presente, uma promessa de lágrimas a qualquer um que adore e de fato tenha entrado na estória de One Piece: http://osy057.deviantart.com/art/Captain-37739058
A aqueles que isso for possível, uma recomendação: leiam com atenção a descrição feita pelo próprio autor.

2º: você pode só gostar de romances. Tá, One Piece é uma estória quase completa, mas entre as emoções que lhe faltam, definitivamente está o amor, pelo menos esse amor babão que dizem existir entre homem e mulher, a própria paixão está comicamente bem representada por Sanji e…..qualquer mulher. Mas claro, se você busca um romance, você definitivamente está no lugar errado, vamos aproveitar e expulsar todos aqueles quer querem só estórias echi de personagens bonitinhas(mas todas com caras iguais -.-, só muda o cabelo ¬¬), One Piece é primeiramente uma estória de aventura shounen, não deve ter, e sequer precisa, de qualquer uma dessas coisas (não que eu mesmo não preze uma boa estória de romance de vez em quando, mas não tenho sido capaz de encontrá-las no mundo dos mangás).

3º: você pode simplesmente não gostar do quão fantasioso ele é. Eu aceito isso, qualquer um que não esteja disposto a um pequeno baseadinho, ou que não seja capaz de esvaziar a mente, imergir no mundo da estória e aceitar qualquer coisa que venha como natural, nunca lerá One Piece. Tudo bem, acontece, mas também não sei como você aguentou ler até aqui .-. .

  Qualquer um que busque um shounen, em geral deveria gostar de One Piece .-. .
  Retiradas estas excessões, que, até certo ponto, são extremamente justas e, de forma alguma pode ser ostracizada uma pessoa que se enquadra nelas(a excessão da 1ª =D), não vejo porque alguém pode não gostar de One Piece (mesmo que não venha a adorá-lo como eu =D).

A estória é sólida, poucas foram as correções feitas mais tarde para adaptá-la, no entanto foram feitas com tanta maestria que, pelo menos eu, só percebi agora que estou relendo. As personagens são cativantes e, em geral, carismáticas, tem um bom humor, um bom desenvolvimento, não é daquelas estórias que o autor precisa ficar inventando arcas diferentes para chamar a atenção do leitor, ela tem e sempre teve um único objetivo, One Piece.

Agora, eu quero entender porque diabos dizem que a arte é ruim ¬¬.
Fora que o Oda é capaz de expressar sentimentos que alguns dos grandes(Kubo, Kishimoto, Yabuki, Arakawa…) nem seriam capazes de imaginar., vou voltar e pedir àqueles que não o fizeram para que abram o link entre o exemplo 1 e 2. Sem contexto ele não teria o mesmo impacto, claro, mas quem me vier reclamar da arte (que foi majesticamente reproduzida por este artista do DA) vai levar um Hadouken (ou qualquer outro desses ataques de energia azul, que não tem no One Piece, diga-se de passagem)

Ok, chega, agora que eu comecei guerra com basicamente qualquer que leu e não gostou de One Piece (àqueles que simplesmente não leram, sugiro que o façam, como dito, é um bom mangá, àqueles que não leram e insistem que é algo de criança eu…….não, nada, não sou de praguejar à terra.) eu vou terminar este post que está deveras longo.

Ficha Técnica:

Título Original:  Romance Dawn
Título da Serialização: One Piece
Gênero: Shounen

Capítulos até o momento: 602
Status de publicação: Em publicação
Escritor(es): Eiichiro ODA
Artista(s): Eiichiro ODA
Serializado em: Weekly Shounen Jump
Publicado por: Shueisha
Ano: 1997

Pois bem galera, vou-me mas volto, até o próximo review o/.