Embora fã assumida de doramas/dramas japoneses, devo admitir que praticamente só assisti doramas produzidos à partir de 2005 (com o boom de séries como Hana Yori Dango e Nobuta wo Produce).

Mas, na época, li tantas críticas e comentários positivos que resolvi baixar. E eu não poderia ter ficado mais surpresa. Recentemente, reassisti a série e decidi escrever um pouquinho sobre.gcp160fM0lOr4S57LQPLhMwvbtxf0Ypy9xzMfM74ClU

A história é a seguinte: Onizuka Eikichi (Sorimachi Takashi), líder de uma gang de motociclistas e formado em uma faculdade de 3ª linha tem um grande sonho: se tornar professor. Sua chance chega quando é admitido em uma escola particular, onde todos os outros professores duvidam de suas capacidades. Ele é posto à prova, recebendo a turma mais difícil de lidar do colégio inteiro.
Agora, sem maiores spoilers, porque GTO fez tanto sucesso? Personagens principais que fogem do padrão, em geral chamam a atenção, mas Onizuka é mais do que isso: ele é um símbolo de integridade. Ele é incorruptível em seus ideais, por mais controversos que pareçam à sociedade (ainda mais uma sociedade peculiar em suas regras, como a nipônica). Onizuka-sensei é engraçado, intenso, irreverente e nutre uma incrível paixão incondicional por seu ofício e seus alunos.BODyPsxrA2ZBgfA5aR7IVGdQ_Oeq8XES5k0tlSusUgw
gu4CUqwiodzK_vV4prPmjwc-FWF7vV5WGO2sOp4Z8ko

Outro ponto interessante é o fato deste dorama ser mais ~liberal~. Quem acompanha as novelas japonesas atuais sabe – dificilmente veremos em uma história colegial uma mulher com camisas sem mangas, ou os personagens em lugares de jogos arkades ou até mesmo apologia ao sexo. É impressão minha ou ou doramas no final da década de 90 eram bem menos puritanos que os atuais?

rRV-0VCU3SdBWh4SWMpwgX-_zafiZSNRg7Y7TeOssyM

Enfim, GTO é excelente. Da trama, aos atores e inclusive a música de abertura (Poison), cantada pelo próprio Sorimachi Takashi, tudo é impecável para ser uma série que certamente marcou muitas pessoas.

Além dos especiais e do filme, em 2012 o dorama ganhou um remake. Alguém já assistiu?

[Antes que me perguntem, não, não assisti ao anime, alguém assistiu? Quais as diferenças? Comentem!]

 

Esse artigo é uma colaboração de Blooh.