Em uma semana tumultuada e cheias de protestos não podemos deixar de falar de música.

Músicas tem sido a muito tempo usadas para propagar idéias e motivar pessoas.

Essa semana duas músicas me chamaram atenção. As duas pretendiam ser as vozes dos protestos que ocorrem por todo país. Uma das música foi composta pelo Latino, a outra pelo Leoni.

O Latino já é figura carimbada na mídia, produtor musical e autor de vários hits “chicletinhos” (não esqueçam que chiclete se encaixa no que sua mãe chama de “porcaria”). Leoni é um compositor, poeta e músico de muito talento, que fez grande sucesso nos anos 80, e cujas música você canta, mas não sabe disso.

Ouvi alguns comentários por ai, dizendo que o Leoni é apagado na mídia e fez a música para aparecer. Bom, o Latino nós sabemos que é oportunista, mas quanto ao Leoni gostaria de fazer uma defesa, não só por que eu gosto do trabalho dele, mas por que eu sei que ele não precisa disso. Ser apagado na mídia não é exatamente uma coisa ruim, principalmente quando  isso não influência na qualidade e aceitação dos seus trabalhos. E esse é o caso do Leoni, e de muitos outros artistas que são grandes músicos e compositores, como, por exemplo, Zeca Baleiro. São artistas que você não costuma ver na tevê, mas que mesmo assim tem canções eternas com ótima monetização, e que sempre lotam shows.

Mas, voltando aos protestos.

Nas diretas tivemos Fafá de Belém cantando o Hino Nacional com um novo arranjo. Na época da ditadura tivemos “Prá não dizer que não falei de flores”, de Geraldo Vandré. As duas canções e seus protestos se tornaram não só as canções dos movimentos, mas também uma espécie de símbolos nacionais.

Essa semana vimos muita gente cantando o música “Vem pra rua”, que foi criada por um publicitário para uma campanha da montadora FIAT, e interpretada por Falcão, vocalista d’ O Rappa.

Pelos sons que ouvimos por todo o país,  podemos dizer que a população já escolheu a música que vai representar esse protesto. E “Vem pra rua” tem cara de grito de guerra, e combinou bem com a situação atual.

Particularmente eu amei a letra composta por Leoni, diz muito, dá muito no que pensar. Mas “Vem pra rua” é fácil e curta, ideal para se cantar num protesto.

Bom, vou deixar com vocês as três músicas. Ouçam e digam de qual vocês mais gostaram.

O gigante – Latino

 

As coisas não caem do céu – Leoni

 

Vem pra rua – Falcão

 

Esse artigo é uma colaboração de LivCat.