Primeiramente, o que é “indie”?

A maior parte das pessoas que já ouviu a palavra diria que se refere a um estilo musical. Acontece que não é exatamente por aí. O termo “indie” vem do inglês, “independent”. Essa denominação ganhou destaque a partir do final dos anos 90, principalmente por causa do rock independente. Geralmente, iniciativas muito fora do comum, que propõem uma sonoridade diferente, ou não muito usual, são difíceis de serem acatadas por uma gravadora ou distribuidora com um grande selo. Consequentemente, estes artistas acabam lançando seus projetos por conta própria. Sendo assim, “indie” não é um estilo musical, mas uma nomenclatura aplicada na indústria da arte para músicos, produtores e artistas que adotam uma atitude contrária à “formula do sucesso” e optam por uma estratégia de mais autonomia.

Underground, alternativo, independente, indie. Estes são rótulos dados à música que se diferencia do “padrão de sucesso”. Há formatos de banda e de música que já foram bastante testados e há trabalhos de músicos e bandas independentes.

“Com a crise na indústria fonográfica e no modelo tradicional de comercialização de músicas, as estratégias e estéticas alternativas, assim como as bandas, ganharam espaço e importância. O que torna o fenômeno ‘indie’ atual e abrangente.” Recentemente, com a internet e a grande facilidade de compartilhamento de conteúdo, vários artistas procuram firmar seu espaço usando tecnologias como YouTube, Vimeo ou MySpace. O que nos provê de uma enorme e crescente variedade de artistas e estilos musicais.

Então, se você é meio do avesso ou possui um lado alternativo, indie é o seu estilo. É o que não segue o “mainstream”.

Quais bandas são indie?

Algumas bandas começam independentes e continuam adotando essa atitude até o fim. Porém, muitas vezes, suas músicas acabam fazendo tanto sucesso que tornam-se parte da cultura mais popular. Outras bandas acabam assinando contrato com grandes gravadoras… Aí já não se tem mais certeza de quão indie elas são.

O Nirvana, dos anos 90, é um exemplo de banda com início bastante independente; porém, com o enorme sucesso de suas músicas e do estilo grunge, a banda acabou tornando-se parte integrante do conhecimento e gosto popular. Outro exemplo de banda “não-mais-tão-indie” é o Radiohead, que surgiu no anos 80 e, apesar de conhecidos nos meios mais alternativos, o sucesso da banda só aconteceu após serem contratados pela EMI, uma das maiores gravadoras do mundo.

“Indie” pode ser uma banda ou artista que produz suas músicas fora de um grande selo ou, forçando um pouco, pode também ser quando, mesmo estando afiliada a uma gravadora, a banda mantém uma atitude e sonoridade independentes ou alternativas.

Músicas Indie

Existem várias bandas bem famosas, como Coldplay, The Verve, The Killers, Kaiser Chiefs, Arctic Monkeys, MGMT, Interpol, Snow Patrol, ou cantores como Gotye, Lana Del Rey, James Blunt, entre muitos e muitos outros. Mas aí vão algumas indicações talvez menos conhecidas e certamente bem legais. Cortesia do Led, brother. =D

Funeral Suits – All those friendly People

A banda irlandesa gravou seu primeiro álbum, “Lily of the Valley”, lançado em 2013. O produtor é Stephen Street, de “Blur” e “The Smiths”.

Atlas Genius – Trojans

O primeiro single, Trojans, da banda australiana foi lançado em 2011, obtendo ótimas críticas e o álbum completo, “When It Was Now”, saiu em fevereiro de 2013. Eles descrevem sua música como grandemente influenciada por “Death Cab For a Cutie”, “The Police” e “Beck”.

Of Monsters and Men – Little Talks

Este foi o primeiro single da banda islandesa, que lançou seu álbuns de estreia em 2011. O grupo já participou de importantes programas e festivais nos Estados Unidos e Europa e, mais recentemente, foi escalado para o Lollapalooza Brasil.

Grizzly Bear – Yet Again

Diretamente de Nova York, a banda lançou seu primeiro álbum, “Horn of Plenty”, em 2004, e já até abriu shows do Radiohead. Esses aí já são mais famosinhos…

The Paper Kites – Featherstone

Uma banda australiana que lançou recentemente seu Segundo EP, “Youth North Now”. Sua música “Featherstone” obteve destaque em “Grey’s Anatomy”, e seu hit “Bloom” já também já passou dos 2 milhões de visualizações no YouTube.

San Cisco – Awkward

Outra ótima banda australiana. Eles lançaram seu primeiro álbum, auto intitulado, recentemente, em 2012. O grupo tem influência de “MGMT”, “The Flaming Lips” e “Vampire Weekend”.

coletivocultpromo musica indie

Esta página é incrível. Sério, se você curtiu qualquer coisa que foi falada até agora e adora conhecer novas bandas, vale a pena dar uma conferida aqui!

 

Artigo pelo colaborador Karlo Tavaves.