Talvez uma das mais importante divindades do panteão xintoísta seja Amaterasu, a deusa do sol – afinal, acredita-se que os imperadores do Japão descendem dela.

Na cultura pop, existem muitas referências a esta deusa, seja apenas fazendo uso do nome sem ter qualquer ligação à ela, até aparições da própria divindade, inserida no roteiro.

Existem muitos contos sobre Amatereasu, e muitas variações dos mesmo, eles fazem parte do Kojiki e Nihon Shoki, os mais antigos documentos da história japonesa.amaterasu_antigo2

Eu escolhi colocar neste texto o conto clássico de quando Amateresu se esconde em uma caverna, mas antes gostaria de ressaltar alguns detalhes sobre a divindade:

  • Amaterasu pode ser chamada também de Amaterasu-ōmikami [天照大神/天照大御神/天照皇大神] e Ōhirume-no-muchi-no-kami [大日孁貴神].
  • Amaterasu normalmente é representado por uma deusa, mas se em algum lugar que você ler ou escutar que Amateresu é do do sexo masculino, isso não está errado pois os documentos em que se encontra os contos não definiam o sexo das divindades. Eu não lembro de ter visto em nenhum lugar Amaterasu com sexo trocado, porém já vi acontecer com um de seus irmãos, Tsukuyomi, deus da lua.
  • Amaterasu possui dois irmãos: Suzano, deus do trovão, e Tsukuyomi, deus da lua. E são filhos de Izanami e Izanagi, conta-se que Amaterasu nasceu do olho esquerdo de Izanagi.
  • O motivo de se acreditar que o imperador do Japão descende desta divindade é que segundo registros antigos o neto de Amaterasu, Ninigi no Mikoto, teria descido do céu para nosso mundo, e se tornaria o primeiro soberano do Japão. Porém outro documento (Kojiki), diz que foi o tataraneto de Amaterasu, Jimmu Tennô, que se tornaria o primeiro imperador.

amaterasu_antigo

A lenda

Amaterasu vivia em uma gruta, em companhia de suas criadas, que lhes teciam cotidianamente um quimono da cor do tempo. Todos os dias de manhã, ela saía para iluminar a Terra.

Até o dia em que seu irmão, Susano, deus do trovão jogou um cavalo esfolado nos teares das criadas tecelãs. Assustadas, elas se atropelaram, e uma delas morreu,  furada por sua própria lançadeira. A deusa Amaterasu não apreciou a brincadeira.

Zangada, recolheu-se em sua gruta e a luz desapareceu. E o pânico foi semeado até no céu, onde viviam os deuses e deusas, que como os humanos, também não enxergavam nada. Eles se reuniram e bolaram um estratagema.

Pediram a Uzume, a mais engraçada das deusas, que os distraísse diante da gruta fechada em que Amaterasu estava. Uzume não usou de meios termos: levantando a saia, pôs-se a dançar provocantemente, exibindo suas partes íntimas com caretas irresistíveis. Estava tão divertida que os deuses desataram na gargalhada.

Curiosa, Amaterasu não resistiu, quando ela espiou fora de sua longa estadia no escuro, um raio de luz chamado “amanhecer” escapou e a deusa ficou deslumbrada com o seu próprio reflexo no espelho, que os deuses haviam pendurado a frente da entrada da gruta. Surpresa, ela se adiantou, o deus Ameno-Tajikarawo, aproveitando-se de sua distração,  puxou-a para fora e a caverna celestial foi selada com um “shirukume”, cordão santo.

Cercada por tamanha alegria, o amargor de Amaterasu desapareceu e ela concordou em retornar a iluminar o mundo com seus raios dourados e resplandecentes. Uzume foi conhecida, a partir de então, como a deusa do amanhecer, assim como da alegria.”

Na cultura pop

Abaixo algumas referencias a Amaterasu na cultura pop:

No jogo “Ōkami”, Amaterasu é retratada como uma divindade em forma lobo.amaterasu_okami

Em “Naruto”, Amaterasu é uma técnica utilizada por Uchiha Sasuke e Uchiha Itachi, que são usuários do Mangekyou Sharingan.

No card game “Yu-Gi-Oh!” existe uma carta chamada “Bujiki Amaterasu”.amaterasu_yugioh

No anime “Inari, Konkon, Koi Iroha”, existe o personagem da deusa Amaterasu.amaterasu_inari

Na serie “Stargate SG-1”, existe um personagem chamado Amaterasu que faz parte da delegação Goa’uld.amaterasu_stargateIr para o índice.
Ir para Lendas do oriente #3 – Zodíaco Chinês
Ir para Lendas do oriente #5 – Tengu.

There is one comment

Entre na conversa, deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *