Todos Conectados!

Players Lagados da nossa Galáxia Perdida.

Está começando a Quinquagésima sétima a conexão do Lagcast.

Hoje ZaiderFatFrog (PódeCash), Senhor BAndre Castro (Dé the Best) e Artur (ghosturbo) além de gnu chegando atrasado, se reúnem para contar suas melhores histórias que viveram dentro ou envolvendo o transporte público.

Neste Episódio Descubra:

– Qual a diferença entre o Metrô de São Paulo e o do Rio de Janeiro.

– Aprenda a fazer Windsurf em terra firme.

– Que nunca se deve mexer com os mais velhos.

Banner e Capa feitos por Zaider.

Então todo dia 15 e 30 ou quase de cada mês vocês podem conferir nossos novos episódios.

Duração:  89 minutos

Mandem sugestões de temas para futuros cast, digam se gostaram, deem dicas do que precisamos melhorar e façam suas criticas no nosso e-mail:

contato@lagcast.com.br

Sigam-nos também no Twiter @lagcast e deixem seus comentários.

E sigam também nossos participantes no Twitter: Artur @ghosturbo | PA @PauloArth_r | gnu@humbertobz | Senhor B @SenhorB| LivCat @LivCat_| André @_dethebest | DruHmmer @Druhmmer | TohnoShiki @TohnoKazuo | Renan Aspira @RenanAspira

 

Responda nossa Pesquisa de Opinião

 

Recrutamento:

 

Precisamos de pessoas para escrever no site periodicamente e também para participar do podcast e ajudar com as pautas.

Então se você quiser escrever uma coluna ou tiver interesse em participar do podcast, entre em contato conosco por e-mail.

Para mais informações acessem nossa página de Recrutamento “Aqui”


Links Comentados:

Links dos Emais:

Links do Episódio:

Assinem nosso feed

Se você quiser, você pode baixar este e todos os episódios do Lagcast assinando o nosso novo feed pelo seu coletor de feeds favorito, copiando o endereço: http://www.putzilla.net.br/ptz/podcast. Caso você tenha o iTunes instalado e quer assinar diretamente no iTunes, basta clicar neste link:itpc://lagcast.com.br/podcast

“Texto do feed, copiado do Metacast”

Ouça agora! Ou quando quiser…

[display_podcast]

There are 10 comments Entre na conversa, deixe sua opinião

Entre na conversa, deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *