Todo mundo vibrou quando a Ubisoft decidiu reviver a série Rayman, com o incrível Rayman Origins, que misturava fases de plataforma cuidadosamente feitas com um gráfico parecido com desenho animado, série que anteriormente vinha decaindo até ser substituída por coelhos brancos pirados . Porém nem todo mundo ficou animado com o anúncio de Rayman Legends pelo fato dele ser mostrado como exclusivo de Wii U. E muito mais gente ficou desanimada pelo fato de, duas semanas antes do lançamento, a empresa decidiu que o jogo não ia ser mais exclusivo, como também ele seria adiado para setembro, arrastando junto a versão de Wii U, que já estava pronta, atraindo a ira de todos os donos do console que só o compraram pra jogar o jogo.rayman_legends_thumb Rayman Legends

Toda essa raiva é causada por um conjunto de erros cometidos pelo pessoal que comanda a Ubisoft. Primeiramente temos o anúncio do adiamento a duas semanas do lançamento, fazendo com que os fãs da franquia tivessem que comprar um console novo somente para depois receberem o aviso de que eles poderiam jogar tranquilamente sem precisar comprá-lo (isso aliado ao sentimento de traição que ocorre sempre que algum jogo perde a sua exclusividade). Segundo, temos a falta de uma reparação adequada da Ubisoft com os donos de Wii U, já que as únicas medidas feitas para tentar amenizar a burrada foram o anúncio de algumas funcionalidades exclusivas ao console da Nintendo como o uso da tela de toque e outras coisas não reveladas e uma demo exclusiva, como se fizesse alguma diferença depois que o jogo for lançado.

E terceiro, temos também a ira dos próprios desenvolvedores que estão tão ou mais irritados com os seus superiores do que os fãs da empresa, já que eles estavam, desde março, se matando para deixar o jogo pronto para fevereiro (incluindo fazer demos para eventos como E3 e Gamescom), virando a noite na empresa e deixando de ver os seus familiares apenas para, a 2 semanas, terem que engolir a seco a mensagem de que eles teriam mais tempo para se dedicar o projeto, simbolizando que grande parte de seus sacrifícios havia sido em vão.

Rayman Legends "Lançem o Rayman, suprotem a Ubisoft Montpellier" em francês no cartaz

“Lancem o Rayman, suportem a Ubisoft Montpellier” em francês no cartaz

Isso serve pra provar que mau gerenciamento é algo que existe até mesmo em grandes empresas e que a culpa, na maioria das vezes, é dos empregadores e não dos empregados. Isso serve como mensagem para vocês direcionarem o seu ódio à empresa e não ao jogo. Então comprem Rayman Legends pra qualquer das plataformas que ele sair (as versões de Wii U, PS3 e Xbox 360 estão confirmadas), e depois nos diga se o jogo é bom ou não.

There are no comments

Entre na conversa, deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *